Adotar um sistema de gestão empresarial permite que a organização otimize processos, reduz drasticamente a possibilidade de erros e, o mais importante, auxilia os gestores  a tomar  decisões mais assertivas! Por isso, a implementação de ERP torna-se imprescindível para empresas dos mais diversos tamanhos e segmentos.

No entanto, antes de escolher o   software de gestão que será o coração da empresa, é preciso delinear muito bem o processo de avaliação para evitar erros e casos de insucesso. Selecionamos os principais pontos que devem ser levados em consideração ao realizar a implementação de ERP na sua organização. Confira!

 

Quais são os erros mais comuns na implementação do ERP?

Ao optar pela implantação de um sistema de gestão empresarial, é preciso ficar atento, a fim de evitar perda de produtividade, insatisfação dos colaboradores e até mau uso do produto. Listamos os erros mais comuns para que a sua empresa não deixe de explorar o máximo de recursos que o ERP oferece.

 

1. Não fazer um planejamento eficiente

Antes de colocar qualquer projeto em prática, é fundamental a adoção de um bom planejamento para garantir resultados, e na implementação de ERP não é diferente. Inclusive, a falta de um planejamento adequado acaba sendo a raiz da maioria dos problemas que surgem durante esse processo.

A estimativa de tempo malfeita e de recursos necessários para realizar esse processo, além da falta de análises e auditorias nos processos e políticas da empresa antes da escolha do sistema de gestão, são os principais erros durante a fase de planejamento que pode comprometer a otimização do negócio.

É importante que a empresa saiba o contexto atual de suas atividades e se pergunte quais são os problemas que precisam ser  resolvidos na hora de implementar um ERP.

2. Levar em consideração apenas o preço

É comum que as organizações se preocupem com os custos quando se trata de investir em equipamentos, porém, pensar apenas no preço do sistema é um grande erro. É importante levar em consideração critérios como as principais funcionalidades e facilidade de uso do software de gestão, bem como as particularidades da empresa, como porte, ramo de atuação e atividades desenvolvidas.

Além disso, ao escolher o ERP que será implantado em seu negócio, busque realizar reuniões com gestores das áreas para entender as prioridades da empresa. Dessa maneira, será possível adquirir um sistema que atende suas necessidades de forma correta!

3. Não se preparar para a mudança e não fornecer treinamento para a equipe

Após contratar a solução ideal para sua empresa, é importante pensar sobre a possibilidade de uma resistência à mudança organizacional entre os colaboradores. Afinal, outro erro bastante comum é os empreendedores não levarem em conta o processo de aprendizado até iniciar as operações.

Realizar treinamentos é fundamental para que a equipe entenda os benefícios do software, aprenda a utilizá-lo e o adote no dia a dia de forma proativa.

 

4. Não pensar no tipo de licenciamento do software

Na hora deimplementar o ERP, é essencial analisar qual tipo de licenciamento do sistema faz mais sentido para a sua empresa. Existem diversas opções disponíveis no mercado:

  • Pagamento de licença por usuário;
  • Cobrança de taxa única;
  • Instalação do software em servidores próprios;
  • Utilização do sistema em servidores terceirizados;
  • Solução baseada em computação na nuvem.

Cada modalidade apresenta características distintas, vantagens e desvantagens. Por isso, é preciso fazer uma análise minuciosa do momento atual da organização e também do futuro dela, para evitar surpresas. Por exemplo: às vezes o número de licenças adquirido é pequeno, e à medida que o negócio cresce, automaticamente cresce o número de usuários, ficando um valor mais caro.

5. Não investir em segurança

Empresas que não investem em segurança podem ser alvos de ataque de hackers, causando grandes prejuízos, como vazamento de dados dos clientes. Por isso, após a implementação do ERP, é fundamental criar uma política de segurança e sigilo de dados, definindo senhas de acesso, efetuando backups de forma periódica, entre outros.

6. Esquecer da atualização constante

A transformação digital vem movimentando diversos setores da sociedade, trazendo diversas soluções para as empresas. Porém, com o avanço tecnológico cada vez mais rápido, um sistema ERP pode se tornar obsoleto se a organização não acompanhar as atualizações. Além disso, ocorrerão atualizações fiscais e contábeis e o fornecedor do ERP precisa garantir que o sistema esteja atualizado e em conformidade com a legislação vigente.

Então, ao realizar a implementação doRP, lembre-se que é preciso se programar para manutenções e atualizações periódicas, a fim de continuar obtendo melhorias nos processos.

7. Acreditar que o uso é só da área de TI

Um grande erro de muitas organizações é acreditar que um sistema de gestão empresarial é de uso exclusivo do departamento de TI, o que não é verdade. O ERP integra todas as áreas da empresa, com o objetivo de otimizar processos. Então, é importante que todos os departamentos saibam utilizar o software.

8. Deixar ativo o sistema antigo

Oferecer treinamentos aos colaboradores pode não ser o suficiente para que eles adotem o ERP de forma proativa no dia a dia se a empresa não desativar o sistema antigo. Afinal, alguém que já está acostumado a operar um outro software, tende a continuar utilizando de forma automática, principalmente aqueles profissionais que são mais resistentes à mudanças.

Portanto, após a implementação de ERP, desative o sistema antigo para não haver maiores problemas.

 

Como escolher a implementação de ERP ideal para a sua empresa

Além de evitar os erros citados acima, escolher um bom fornecedor também é muito importante para garantir o sucesso da implementação de ERP na organização. Existem muitas marcas no mercado, por isso, busque levar em consideração a experiência e qualidade dos serviços prestados.

Para isso, você pode contar com a ajuda da ABC71, uma empresa que oferece um software 100% brasileiro e na nuvem, capaz de otimizar os processos e ajudar no crescimento do seu negócio. Entre em contato com um dos nossos consultores e saiba mais sobre o nosso ERP!

Continue Lendo

Tags Relacionadas

Conheça nosso ERP e saiba como ele pode ajudar na gestão da sua empresa.

Agende uma demonstração